quarta-feira, 11 de abril de 2007

Empresa Sueca cria sistema operacional online

"Logomarca cortesia de Xcerion AB"

A start-up sueca Xcerion promete apresentar, ainda este ano, um sistema operacional online.
De acordo com anúncio de seu fundador e CEO, Daniel Arthursson, a idéia da companhia é criar um sistema operacional e um pacote de aplicativos que possam rodar dentro de um navegador.
Com o recurso, toda a tecnologia de software usada por uma pessoa ficaria disponível em servidores, para acesso por qualquer máquina.
PCs com Windows, Mac, Linux, FreeDos ou mesmo sem sistema operacional (apenas com um sistema essencial para fazer o hardware funcionar e efetuar log-on na rede) poderiam acessar o sistema e rodar seus aplicativos.
Arthursson explica que com o avanço dos recursos em Ajax e XML é possível criar sistemas complexos que rodem dentro do navegador.
O empreendedor afirma que já recebeu US$ 10 milhões para desenvolver o projeto de grupos que administram capital de risco. Entre os investidores, diz a Xcerion, estão executivos da
Microsoft.
A idéia de Arthursson é disponibilizar o sistema para testes no final deste ano. Depois, a empresa pretende abrir sua plataforma para atrair desenvolvedores independentes para criar aplicativos para seu sistema operacional.
A Xcerion planeja ganhar dinheiro com publicidade ou o pagamento de uma pequena taxa anual.



Integra da reportagem de Felipe Zmoginski, do Plantão INFO



A indicação desta noticia me foi dada pelo Rodrigo Hellboy, enquanto conversávamos pelo MSN hoje.
Comecei a fazer uma pesquisa mais criteriosa no site da empresa para saber um pouco mais sobre o assunto, e lá descobri que você pode se cadastrar previamente para receber (assim que for lançado) um beta do sistema.
Mas uma coisa que me chamou MUITO a atenção foi um trecho da reportagem que diz que a “empresa recebeu US$10 milhões para desenvolver o projeto...de executivos da Microsoft”.
Ora, recentemente houveram muitos rumores sobre o lançamento de um sistema operacional pelo Google, e esse sistema seria em forma de um gigantesco cluster, em que qualquer usuário poderia ter uma conta.
Enquanto os principais desenvolvedores de software continuam trabalhando em aplicações individuais, o Google poderia estar construindo uma plataforma massiva de programação em escala web. Empregando Gnome e Linux como ponto de partida o Google poderia desenvolver um escritório que funcionasse através da Internet e que armazenasse os documentos de maneira local.
E é "quase" isto que a Xcerion está desenvolvendo; por conseguinte o interesse da Microsoft em participar do projeto (mesmo que só contribuindo financeiramente) seja uma forma de estar em igualdade com o Google.
Ainda, segundo a reportagem, a Xcerion ganharia dinheiro com publicidade ou com uma pequena taxa anual, ora, se tem a Microsoft envolvida no projeto, não acredito que seja apenas dessa forma que ganharão alguma coisa, creio que muito em breve, não seria nenhuma surpresa a companhia ser adquirida pela “Gigante de Redmond” e o sistema se tornar o “Windows OnLine”.



Quem viver, verá...

Nenhum comentário: