sexta-feira, 18 de maio de 2007

Copyscape


A pior coisa que existe para quem cria algo, é alguém copiar e não citar, ao menos, a fonte de onde copiou. Por exemplo, esse post que estou escrevendo aqui agora, me tomou algum tempo para ser feito, exigiu uma pesquisa criteriosa para avaliar o assunto em questão, selecionar o que for mais relevante e apresentar o resultado desse processo.
Nos blogs, principalmente, é muito comum o uso dos famigerados comandos “CTRL+C / CTRL+V” ou da transcrição literal no lugar da originalidade.
Estou falando sobre esse assunto tão polemico apenas para “introduzir” um ótimo site que oferece um serviço sem igual: O Copyscape.
Nele, basta apenas você digitar o endereço de seu blog/site para receber uma lista com no máximo 10 resultados (na versão gratuita) de possíveis plágios de seu conteúdo.
Copyscape utiliza a Google Web APIs para localizar copias de seu site e apenas as paginas que foram indexadas anteriormente pelo motor de busca conseguem ser identificadas.
Não sou um defensor ferrenho dos direitos autorais – tanto é que esse meu blog possui uma licença de Creative Commons – e sempre fui partidário da liberdade de informação e compartilhamento do conhecimento, apenas acho que o mínimo que as pessoas devam fazer e citar a fonte de onde tal conteúdo foi copiado.





PS: Plagiadores, se forem copiar esse meu post, por favor, citem de onde copiaram ou coloquem um link para .

Nenhum comentário: