quarta-feira, 9 de maio de 2007

Mudança na ortografia do Brasil


Um acordo internacional entre os paises que utilizam o português como idioma planeja mudanças na ortografia.
Devido à dificuldade do idioma, a Academia Brasileira de Letras (ABL) disponibilizou em seu site um serviço que responde a perguntas sobre a língua portuguesa, e, com apenas um mês de funcionamento já recebeu mais de 1500 consultas; e muito mais pode vir por ai quando o acordo ortográfico discutido pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa sair do papel.
Entre essas mudanças, está prevista a abolição do trema (em palavras como lingüiça), que já há bastante tempo não vinha sendo utilizado pelos mais jovens da geração Internet e do acento circunflexo - o popular chapeuzinhoem palavras como vôo, abençôo, enjôo. A idéia é economizar acentos e tornar mais parecido o português que se escreve nos paises que o utilizam.
A maneira de escrever muitas dessas palavras deve mudar para que os países de língua portuguesa possam, no futuro, consultar um dicionário único. Para que a gente, além de falar, também escreva a mesma língua.
"Vantagens culturais, vantagens de ordem política, vantagens de ordem de econômica até, porque aí a língua portuguesa não terá duas vertentes em matéria de ortografia", explica Evanildo Bechara, gramático e membro da ABL.
Brasil, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe já ratificaram o acordo, mas Portugal não se posicionou, por isso, a mudança ainda não vale.

Nenhum comentário: