terça-feira, 12 de junho de 2007

10 Razões porque eu não gosto do seu blog.





Excelente matéria publicada no Instabloke sobre as razões que levam a alguém não gostar de um blog e até deixar de visitá-lo. O texto foi escrito originalmente em inglês, em Agosto de 2006, porem continua bastante atual.
Seguem abaixo as principais causas do fracasso (e as possíveis maneiras de se evitar).

1) Seu blog se parece com muitos outros. Resposta: Tente aprender um pouco de HTML, CSS e Photoshop para modificar os temas oferecidos (principalmente no Blogger e WordPress) e transformá-los em algo pessoal, que seja uma marca registrada sua. Mude as cores, ponha uma nova imagem no banner ou troque o lado da sidebar, qualquer coisa que faça quem visitar seu blog saiba que ele é SEU.


2) Seu blog é demasiado difícil de ler. Resposta: Suas fontes são muito pequenas, suas cores confundem a vista, sua navegação é complicada, ou talvez você não goste mesmo de escrever e deveria considerar começar um podcast ou algo parecido.


3) Eu perdi a paciência de esperar uma eternidade para seu blog carregar ou ele demora demasiado para responder os meus cliques com o mouse. Resposta: Comece se livrando de alguns daqueles javascripts inúteis que funcionam em segundo plano, delete a introdução em Flash (alguém ainda usa isso?), diminua a resolução dos gráficos utilizados e que consomem muita largura de banda. É um tempo desperdiçado inutilmente.


4) Livre-se daqueles widgets desnecessários. Resposta: Alguns widgets são úteis, como o "Ultimas Visitas" do Blogblogs, que uso na minha sidebar. Porem, a maioria não tem utilidade e não oferece valor ao seu blog. Podem também prejudicar, porque utilizam javascripts que retardam a abertura de sua página (leia a opção 3 novamente). Lembre-se que o que importa é o conteúdo, e não a embalagem em que ele se encontra. Eu visitarei seu blog se ele tiver algo interessante a dizer, e não para saber como está o tempo na sua cidade, para isso existem serviços especializados e que oferecem informações mais detalhadas, caso eu queira.


5) Eu não deixarei um comentário em seu blog porque seus post soam muito autoritários, são muito cansativos, muito argumentativos, você me força a efetuar o login para comentar, você nunca respondeu meus comentários anteriores ou rejeitou meu comentário na ultima vez em que ofereci opinião contraria a sua. Devo eu continuar (enquanto aguardo para recuperar o fôlego)? Resposta: Aprenda a escrever em um estilo que seja não-confrontacional, vivo e de conversação. Não seja arrogante ou metido a sabe-tudo, escreva para entreter e não para drenar. Acima de tudo, facilite para que deixem comentários, seja cortes e tente responde-los assim que puder. Cultivar um espírito de comunidade fará maravilhas para aumentar seu trafego.


6) Você não parece ter nenhuma opinião sobre qualquer coisa. Resposta: Alguns blogueiros ficam com medo de falar alguma coisa temendo criar polêmica. SEJA polêmico, lembre-se que sem atrito não existiria fogo. O blog é seu e caso queira, pode apagar qualquer post se for necessário. Apenas tenha SUA opinião e divulgue-a. Se for para ver coisas imparciais, eu acesso as páginas dos grandes jornais, que tem compromisso apenas de informar, sem tomar qualquer posição.


7) Seu blog está no MySpace. Resposta: Ok, talvez soe muito arrogante, mas a verdade é que muitos blogueiros NUNCA o visitarão apenas por você ter feito seu blog lá. Se você espera ser um blogueiro sério (acredito que essa seja a sua vontade, senão não perderia tempo lendo esse post), então você deve considerar a plataforma do blog que está usando. E caso sua aspiração seja um pouco maior, pense na possibilidade de obter um domínio próprio e um serviço de hospedagem para publicar seu blog.


8) Você não posta com freqüência constante. Resposta: Ninguém quer visitar um blog inoperante. Há uma controvérsia na blogosfera sobre com que freqüência você deve postar, mas a "qualidade" e "consistência" são as palavras chave quando for fazer um post. Assim, antes de se sentar para escrever sobre algo, pare, pense e veja se você realmente tem algo interessante a dizer. Tente escrever com regularidade e com uma programação que trabalhe para você.


9) Seu blog discute tópicos controversos que não são muito do meu agrado. Resposta: Eu sou o responsável por alguma empresa que gostaria de ter propaganda publicada em seu blog, porem, os tópicos controversos (principalmente os ligados a política ou religião) correm o risco de afastar os leitores e prejudicar a imagem da minha empresa. Se você realmente que falar sobre esses assuntos, pense na possibilidade de criar um blog especifico para esse fim.


10) Você não LINKA. Resposta: Esse é o maior erro dos blogueiros iniciantes (e de alguns que já estão a bastante tempo na estrada) – não fazem link em seus posts. Existem diversas razões para que os links sejam feitos. Primeiro, quando você copia e cola algum assunto de outra fonte de informação, você tem que fornecer a origem de onde esse assunto foi tirado, criando um link para ele, pois ninguém gosta de ser plagiado. Segundo, quando eu faço um link para algum assunto seu e você nunca retorna o favor, bem... não é obrigação sua, mas pode acontecer de eu nunca mais te linkar, ou na pior da hipóteses, nunca mais visitar seu blog (seria de extrema cortesia sua ao menos mandar um email para agradecer ou deixar um comentário no post em que foi citado). Existe ainda uma razão mais importante para os links em seu blog, pois é como o Google Page Rank indexa os blogs, e, quanto mais links você tiver apontando para seu blog, maior será a sua chance de ser bem "rankeado".


Espero que este post seja de grande utilidade para todos que precisem, e, caso queiram publicá-lo em seus blogs também, sintam-se a vontade de copiá-lo, não se esquecendo de citar a fonte.

Nenhum comentário: